quarta-feira, 18 de novembro de 2015

3º Dia - Campanha de Jejum e Oração



Minhas queridas irmãs...

Tudo o que Deus faz é perfeito e temos que ter em mente que os caminhos Dele são sempre certos, sem tentar descobrir coisas por contra própria ou fazer nossas regras. 

Temos de reconhecer Deus em cada área de nossa vida, reconhecê-lo como o Amado de nossas almas. Deixar Ele cuidar de cada detalhe como o nosso trabalho, as nossas atividades, nossos relacionamentos, nossas finanças, no nosso lar e casamento.

Amadas, existe algum ponto em sua vida que você não tenha 
posto completamente nas mãos de Deus?
Que você tem lutado com suas forças ao invés de descansar no Senhor?

Se há, diga: "Senhor, convido-o a cuidar dessa área da minha 
vida." Se não tiver certeza, peça a Deus que lhe mostre. Ele o 
fará! 

Quando perceber alguma área que não tenha o reconhecido 
plenamente, ore: "Senhor, reconheço a ti nesta área de 
minha vida e peço que reines nela. Quero reconhecer-te em tudo 
que faço, para que possa honrar-te e servir-te. Obrigada por 
dirigir-me os passos e endireitar-me os caminhos. 

Confie todos os seus passos a Jesus na certeza que Ele tem sonhos muito maiores e melhores para você. 

A questão de sermos muitas vezes infelizes, insatisfeitas com a vida,  tem a ver com o fato de não confiarmos nosso coração e caminho ao Senhor, pois muitas vezes preferimos viver "de qualquer jeito" do que ter a atitude de realmente criar um relacionamento de confiança e fidelidade com o Ele!

Minha oração de hoje é para que possamos aprender a depositar todos os nossos problemas nas mãos Dele e aprender a confiar e descansar, lembre-se: 

Ele é o único que pode mudar sua história, tornar possível aquilo que aos olhos humanos não tem mais jeito e inclinar o coração do homem para onde Ele quiser!!!



3º Dia - Isaías 49: 8-26

Assim diz o Senhor: "No tempo favorável eu lhe responderei, e no dia da salvação eu o ajudarei; eu o guardarei e farei que você seja uma aliança para o povo, para restaurar a terra e distribuir suas propriedades abandonadas,

para dizer aos cativos: "Saiam", e para aqueles que estão nas trevas: "Apareçam! " "Eles se apascentarão junto aos caminhos e acharão pastagem em toda colina estéril.

Não terão fome nem sede, o calor do deserto e o sol os atingirá. Aquele que tem compaixão deles os guiará e os conduzirá para as fontes de água.

Transformarei todos os meus montes em estradas, e os meus caminhos serão erguidos.

Veja, eles virão de bem longe alguns do norte, alguns do oeste, alguns de Assuã".

Gritem de alegria, ó céus, regozije-se, ó terra; irrompam em canção, ó montes! Pois o Senhor consola o seu povo e terá compaixão de seus afligidos.

Sião, porém, disse: "O Senhor me abandonou, o Senhor me desamparou".

"Será que uma mãe pode esquecer do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você!

Veja, eu gravei você nas palmas das minhas mãos; seus muros estão sempre diante de mim.

Seus filhos apressam-se em voltar, e aqueles que a despojaram afastam-se de você.

Erga os olhos e olhe ao redor; todos os seus filhos se ajuntam e vêm até você. Juro pela minha vida Que você vestirá a todos como ornamento; você os vestirá como uma noiva", declara o Senhor.

"Embora você estivesse arruinada e fosse abandonada e sua terra fosse arrasada, agora você será pequena demais para o seu povo, e aqueles que a devoraram estarão bem distantes.

Os filhos nascidos durante seu luto ainda dirão ao alcance de seus ouvidos: ‘Este lugar é pequeno demais para nós; dê-nos mais espaço para nele vivermos’.

Então você dirá em seu coração: ‘Quem me gerou estes filhos? Eu estava enlutada e estéril; estava exilada e rejeitada. Quem os criou? Fui deixada totalmente só, mas estes... de onde vieram? ’ "

Assim diz o Soberano Senhor: "Veja, eu acenarei para os gentios, erguerei minha bandeira para os povos; eles trarão nos braços os seus filhos e carregarão nos ombros as suas filhas.

Reis serão os seus padrastos, e suas rainhas serão as suas amas de leite. Eles se inclinarão diante de você, com o rosto em terra; lamberão o pó dos seus pés. Então você saberá que eu sou o Senhor; aqueles que esperam em mim não ficarão decepcionados".

Será que se pode tirar o despojo dos guerreiros, ou serem os prisioneiros resgatados do poder dos violentos?

Assim, porém, diz o Senhor:
"Sim, prisioneiros serão tirados de guerreiros, e despojo será retomado dos violentos; brigarei com os que brigam com você, e seus filhos, eu os salvarei. Farei seus opressores comerem sua própria carne; ficarão bêbados com seu próprio sangue, como com vinho. Então todo mundo saberá que eu, o Senhor, sou o seu Salvador, seu Redentor, o Poderoso de Jacó".


Fiquem na Paz do nosso Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares