sábado, 14 de novembro de 2015

Mulher edificante...



" A mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a destrói com suas próprias mãos." (Pr. 14.1)


Amadas,

hoje vamos falar sobre "edificar". Particularmente gosto muito deste versículo, pois em poucas palavras ele nos ensina como devemos ser e o que não devemos fazer em nossa casa!

A palavra "edificar" significa: construir, levantar, erguer...

Mas quando Salomão nos diz em provérbios sobre "edifica a sua casa" certamente não é uma construção material, mas sim, no sentido familiar (marido e filhos) e está na mão da mulher a edificação do seu próprio lar.

O fato de ser chamada de "sábia" indica que essa mulher teme e reverência ao Senhor. Ela edifica sua casa com diligência, e ali tudo prospera, porque ela aprendeu que a sabedoria traz a felicidade e a prosperidade que almeja para a família. 

A Mulher sábia cuida do lar, fazendo-o florescer e tornando-o um paraíso para os que nele vivem. Ela edifica o lar tomando decisões sábias no relacionamento com o marido e com os filhos.

Ela se dedica ao casamento, pois sabe que a intimidade não acontece naturalmente , mas precisa ser desenvolvida. Toda construção leva tempo , e os tijolos vão sendo assentados um a um até que um lar sólido e firme seja concluído.

Em contraste, a mulher insensata não edifica, mas destrói seus bens e relacionamentos. Ela mesma os aniquila  com as mãos, com a língua, com a falta de interesse.

Ora, cabe à esposa o papel de harmonizar o relacionamento com seu marido e com seus filhos. Deus deu este "poder" à mulher. E a forma mais antiga de edificar relacionamentos é através de palavras. A Bíblia é muito rica, quando nos ensina sobre os cuidados com nossas palavras. Deus nos diz que a vida e a morte estão no poder da língua (Pv. 18-21).

Então como pode a mulher edificar seu lar?

 Através de palavras agradáveis, de incentivo, de encorajamento, de exortação, enfim... Através de palavras que transmitam graça aos que ouvem (Ef. 4-29).


Contudo, em nosso dia a dia, tal coisa pode não ser verdadeira, pois as tarefas domésticas, o trabalho fora do lar, a educação dos filhos e as demais atividades, exercem uma pressão emocional sobre a mulher, a ponto de conseguir deixá-la "irritada", e, assim, as suas palavras acabam sendo palavras de morte, ou seja, palavras que ferem, desanimam, provocam a ira, acabando por "derrubar seu lar".

 Precisamos, como esposas, entender este papel que temos dentro do nosso lar, de edificá-lo, e , tomar cuidado para que o corre-corre do dia, a rotina da nossa casa, ou mesmo influências externas, não venham interferir de tal forma na nossa vida e nos nossos sentimentos a ponto de tornar nossas palavras de vida em palavras de morte. 

Se Deus nos deu um lar, um marido, filhos, é porque Ele também nos deu capacidade para edificar nosso lar com palavras de vida. E se não estamos fluindo vida dentro de nossa casa, a responsabilidade é nossa! Não adianta nos justificarmos diante de nossas dificuldades. Sei que muitas vezes podemos estar tristes, mas ainda assim, continuamos a Ter dentro de nós o poder de abençoar nossa família.

A mulher sábia crê que DEUS está no controle de sua família. Por isso não desiste nunca de lutar nem pela sua casa, nem pela vida dos seus filhos nem pela vida do seu marido. Ela sabe que a Justiça de DEUS não é como a justiça dos homens e que a Justiça Divina não tarda e nem falha, mas vem com providência na hora certa.

A mulher sábia crê que DEUS está e sempre estará no controle de suas decisões, para isso precisamos estar amparadas na Palavra e blindadas com jejuns e orações.

Então amadas, vamos transformar o deserto onde moramos em um lugar onde exista água cristalina, palmeiras, flores e onde podemos ouvir o canto dos pássaros. Um lugar calmo e tranquilo onde seu marido almeje estar sempre.

Vamos transformar nossa casa em um lar!!!



Fiquem na Paz do Senhor.





Um comentário:

  1. Gostei muito dessa palavra, é tão bom ler textos assim que nos encoraja e nos ensine a ser melhores que antes.

    ResponderExcluir

Postagens populares